Burton vive.

Hoje, 27/09, completamos 25 anos da morte de Cliff Burton.

Reservado, maluco no palco, gênio da raça.
Gostava de qualquer tipo de música e fez questão de trazer sua influência pra dentro da banda mais arredia da década de 80, o Metallica.

Eles que admiraram aquela cabeleira vermelha e aqueles solos de baixo incríveis e simplesmente decidiram que queriam tê-lo na banda.

Um inocente jogo de cartas decidia quem ficaria com a melhor cama do ônibus em que viajava a banda naquele dia.

Cliff disputou com o guitarrista Kirk Hammet um pouco mais de conforto na gelada Suécia.

Quis o destino que tudo acabasse em um ás de espadas.

O ônibus saiu da estrada e acabou capotando.
Cliff foi jogado para fora e o ônibus caiu por cima dele.
Tentaram içar o ônibus, até certo ponto conseguiram, mas de repente, o ônibus caiu novamente.
Com Cliff ainda preso debaixo.

Foi-se um gênio, um garoto de apenas 24 anos, que apenas começava a viver o estrelato.

Jamais será esquecido.

Anúncios

Sobre lombardi13

Sobrevivendo a mim mesmo na Infernal São Paulo.
Esse post foi publicado em Música e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s